13 outubro 2017

A minha relação com a comida é ruim?




Você:
-Pensa muito em comida?
-Divide a comida em dois grupos: as que engordam e as que não engordam?
-Perde o controle quando come algo "proibido"?
-Sente-se culpada quando sai da dieta?
-Se pune no dia seguinte ao da jacada?
-Faz muito exercício para compensar a jacada?
-Vive de dieta mas não consegue emagrecer?
-Come e fica com fome?
-Faz jejum para compensar um dia de exageros?
-Vive entre os extremos da restrição e da orgia alimentar (8 ou 80)?

Se você se identificou com as situações acima e respondeu sim a essas perguntas, então sim, você tem uma relação ruim com a comida. 

Comida é comida e ponto. 

O que precisamos aprender é que comemos principalmente para nutrir o corpo, mas também os sentimentos. 

Quando você se priva de algo, você acaba comendo muito em alguma refeição seguinte, ou até comendo muito do alimento que se privou quando tiver a oportunidade de come-lo. 

É ou não é?

Outro dia minha filha chamou para ir ao Mc Donald's, eu respondi ok, mas não vou comer, coma você e o papai porque eu não estou com fome. Eu menti...na verdade não queria sair da dieta. Enquanto estava na fila mil pensamentos passavam pela minha cabeça, eu queria, eu estava com vontade, mas não comi. Fiquei ali, olhando os dois comerem e conversarem....e eu conversava com meus pensamentos que diziam: Pegue uma batatinha, enquanto uma resposta ecoava....Não! Você disse que não estava com fome, controle-se! A conclusão de tudo isso foi que no dia seguinte, na hora do almoço eu estava estressada com situações no trabalho e resolvi ir ao Mc Donald´s e comi o maior lanche, com a maior batata, o maior refrigerante e de quebra ainda comi a torta de banana de sobremesa... E se eu tivesse comido com eles no dia anterior? O estrago não seria tão grande assim...eu teria ficado satisfeita com o menor lanche, a menor batata, o menor refrigerante e provavelmente nem comeria torta na sobremesa. 

Entendem a situação? Eu não dei uma chance à minha vontade e fiz um estrago muito maior. A minha relação com a comida é péssima... preciso parar de tratar a comida como vilã. Pensar sim na qualidade, mas se as vezes eu tiver vontade de comer um lanche, porque não? 

Vamos nos permitir...com amor.